Category Archives: Conceito

Afinal, o que é o Minas Down?

Com o início do ano, tempo de reflexão e renovação, é bom que sejam esclarecidas algumas questões. O Minas Down é um grupo de cinco pessoas ou de aproximadamente 1.300 membros (atualmente)? É apenas virtual ou existe no “mundo real” também? Tem CNPJ? Tem sede? Tem telefone? Estas e diversas outras perguntas já foram feitas acerca da existência do Minas Down. Então, afinal, o que é o Minas Down?

O Minas
O_que_e_minas_downDown nasceu, em outubro de 2013, da junção de três vertentes:
1) um site e uma logomarca criados por um casal que trabalha com informática e que têm uma filha com SD;
2) um grupo no Facebook, inicialmente chamado Down Minas, criado por uma jornalista que tem uma filha com SD;
3) o sonho de uma fonoaudióloga, especialista em SD e que não tem parentes com a síndrome, que ama a profissão e visava difundir o tema e ajudar famílias.

Com a mistura das três informações citadas acima surgiu o Grupo Minas Down como é hoje, com quatro canais de comunicação basicamente virtuais: site, grupo no Facebook, fan page e e-mail, que está no processo de registro formal, não tem uma sede física, nem telefone, e que considera que todos os membros no Facebook – e as pessoas que se identificam com o objetivo do Minas Down – constituem o grupo. Como são promovidos diversos eventos no “mundo real”, não é considerado que o Minas Down seja só virtual. Portanto, oficialmente o Minas Down é um grupo completo (virtual e físico), que surgiu da vontade de pais, mães, amigos e profissionais ligados a pessoas com síndrome de Down (SD) em estreitar o contato entre as famílias mineiras e disseminar os novos valores e conceitos acerca do tema, através de eventos e trocas de experiências.

Para organizar todas as demandas: administrar as postagens e solicitações de entrada no grupo do Facebook, atualizar o site, organizar palestras, inscrições, festas, encontros e eventos no geral, responder e-mails e mensagens por inbox ou no site, criar conteúdo, acolher famílias, entre outros, o grupo precisava de pessoas voluntárias, dispostas a se doarem em prol da causa e da continuidade do grupo. Dessa forma, um grupo menor, ao qual chamamos carinhosamente de núcleo ou de equipe gestora, foi formado. Atualmente, fazem parte da equipe gestora (ordem alfabética):

– Alessandra Conradt, arquiteta e mãe da Clara (SD – 3 anos)
– Ana Flavia Jacques, jornalista e mãe da Maria Fernanda (SD – 3 anos)
– Cinthia Azevedo, fonoaudióloga especialista em síndrome de Down
– Flavia Diniz, administradora e mãe do Artur (SD – 4 anos)
– Keley Arêdes, professora e mãe da Ana Luisa e da Julia (SD – 7 anos)

A equipe gestora trabalha completamente de forma voluntária, diariamente (inclusive fins de semana e feriados) dentro da possibilidade e capacidade de cada um. Por também terem a própria profissão e os afazeres particulares, o núcleo não tem como se dedicar integralmente ao Minas Down, o que seria um sonho. Por isso, por vezes pode haver a sensação de “falta de comunicação” ou algum trabalho pode demorar um pouco mais a ficar completo. Mas o máximo é feito, sempre com muito amor à causa em benefício das pessoas com SD.

Já passaram pela equipe gestora outras cinco pessoas, ao qual o núcleo e o Grupo Minas Down têm muita gratidão e carinho, pois contribuíram valiosamente para a construção desse trabalho. E, além disso, o Grupo conta com diversas pessoas voluntárias, que ajudam em pontos específicos, como a Idalina Noronha, Laura Monteiro, Ivone Silva, Saulo Gontijo, Bárbara Boaventura, Cláudia Campos, Nel Soares, Rodrigo Lapertosa, Glayber Soares, Daniel Carvalho, Eustáquio Ramos, Rene Muniz, Mônica Xavier, Letícia Silva, entre outros.

Se você tem alguma ideia muito legal ou quer participar mais ativamente do Grupo Minas Down, seja um voluntário. Converse com uma das pessoas do núcleo, pois em 2016 esperamos ter muito trabalho! Feliz Ano Novo!

Canais do grupo

Site: www.minasdown.com.br

E-mail: contato@minasdown.com.br

Grupo: www.facebook.com/groups/414697915322300/?fref=ts
Fan Page: www.facebook.com/MinasDown